A Famosa “Queda Dos Painéis”

Uma peculiaridade do sistema europeu é o pequeno deslocamento do painel no momento em que a roldana dupla passa pela saída, popularmente chamada de “queda dos painéis”.

Este deslocamento acontece quando a roldana dupla está exatamente na saída e perde o contato com as canaletas do trilho. Neste momento, o painel está apoiado somente pelas roldanas triplas (nas extremidades), por isso o lado oposto desce alguns milímetros. Depois de abertos, os painéis voltam para a posição normal porque o estacionamento apóia o freio das roldanas.

Para evitar este problema, certifique-se que:

1 – os trilhos não estejam “abertos” (defeito de extrusão);
2 – as roldanas triplas superiores estejam aprumadas com as inferiores;
3 – os freios das roldanas triplas e os estacionamentos (superiores e inferiores) não estejam danificados;
4 – a barra-fixadora esteja com o parafuso virado para o lado da parede;
5 – o estacionamento esteja encostado do lado reto do seu encaixe na barra-fixadora;
6 – a mola-guia esteja fixada com seu ângulo alinhado com o corte de saída;
7 – a roldana dupla superior esteja posicionada de forma que a mola-guia exerça leve pressão sobre ela;
8 – a roldana dupla inferior não esteja centralizada na saída, e sim deslocada ao máximo para que entre raspando na lateral do corte no sentido de abertura.

Ensine o cliente a abrir e fechar os painéis corretamente: ao abrir e fechar, segurar no vidro fazendo leve força para cima, ou seja, sustentando parte do peso do painel.